Dia das Bruxas vai assombrar a Casa das Rosas

Mansão terá programação especial

Edison Veiga, SÃO PAULO, O Estadao de S.Paulo

31 Outubro 2009 | 00h00

Pelo segundo ano consecutivo, Dia das Bruxas vai rimar com literatura na Casa das Rosas. A partir das 19 horas de hoje, o espaço será a sede do evento Mansão Macabra, com recitais, apresentações teatrais, música gótica, performances de terror e filmes durante a madrugada. Amanhã à tarde haverá versão matinê para crianças. "No ano passado, recebemos cerca de 500 pessoas", lembra o poeta e crítico literário Frederico Barbosa, diretor da Casa. "Esperamos mais agora."

O homenageado será o poeta e escritor americano Edgar Allan Poe (1809-1849) - dono de obra que tem a morte como tema recorrente -, cujo bicentenário de nascimento é neste ano. "Sem dúvida, um dos maiores escritores que o mundo já conheceu", diz Barbosa. Uma instalação multimídia chamada Edgar Alone Poet lembrará sua trajetória.

Com a participação dos poetas Luiz Roberto Guedes e Carla Caruso, um sarau está marcado para começar às 20h. O público também poderá recitar seus próprios textos. Além dos poemas, está previsto um show com o Blu Jazz Trio. Duas horas mais tarde, a Nossa Companhia Imaginária encena o conto O Gato Preto, de Poe.

À meia-noite, a Casa das Rosas se transforma em mansão mal-assombrada. Um misterioso anfitrião vai receber os grupos de visitantes, de 30 em 30 pessoas, para revelar os cômodos da casa.

Das 2h30 às 4h, haverá novo recital, sob o rótulo de "poemas malditos". Poetas interpretarão textos de Poe, Charles Baudelaire (1821-1867), Lord Byron (1788-1824), Álvares de Azevedo (1831-1852) e Augusto dos Anjos (1884- 1914), além de criações próprias. A noitada se encerra às 4h, com show tributo da banda paulistana Interlude aos ingleses do The Cure.

O Café Panaroma, que funciona na Casa das Rosas, ficará aberto, com cardápio especial: massas negras, molhos vermelhos e drinques "de sangue". Enquanto isso, filmes - está prevista a exibição de Nosferatu, O Homem Que Ri e O Gabinete do Dr. Caligari -, teatro (O Engenho Mal-Assombrado e Nosferatu), contação de histórias e dança serão apresentados no jardim.

CRIANÇAS

Amanhã será a vez das crianças e do folclore. A partir das 14h, a Casa das Rosas terá o Ré Lou Im, com brincadeiras educativas e contação de histórias de sacis, curupiras e mulas sem cabeça. Está programada para as 16h a exibição do filme A Noiva Cadáver e, para as 18h, um show com o grupo Musicantes.

Entusiasmado com o evento, Barbosa já tem a resposta pronta para os que criticam a incorporação de uma data festiva estrangeira ao calendário da Casa das Rosas. "Nossa atitude é antropofágica. Não somos covardes para ter medo do que vem de fora."

Mansão Macabra, O Halloween da Casa das Rosas ocorre na Avenida Paulista, 37; telefone 3285-6986. Hoje, a partir das 19 horas, e amanhã, a partir das 14. Grátis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.