Diagnóstico da H1N1 em SP segue orientações da OMS

A Secretaria Estadual da Saúde, por meio de sua assessoria de imprensa, ressaltou que os cidadãos devem confiar no atendimento para diagnosticar os casos da gripe H1N1. Segundo a Secretaria, todos os procedimentos para diagnóstico da doença estão sendo seguidos conforme determinação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde. Nos casos em que a suspeita é mais forte, os médicos realizam testes específicos para diagnosticar a doença. A assessoria da Secretaria explica ainda que há uma diferença entre a expectativa das pessoas e os procedimentos médicos, mas afirma que o Estado está atendo para que não haja negligência. Os casos liberados são os de gripe comum.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.