''Diário da Região'', em Rio Preto, é alvo de mordaça

O mais recente episódio de censura à imprensa no Brasil afeta o Diário da Região, de São José do Rio Preto (SP). O juiz Paulo Roberto Zaidan Maluf, da 8ª Vara Cível da cidade, concedeu liminar na semana passada proibindo o jornal de citar o nome de servidores efetivos da Câmara em reportagens sobre seus salários.

, O Estadao de S.Paulo

27 de janeiro de 2010 | 00h00

Outra decisão judicial censurou o jornalista Alexandre Gama, que tem um blog no site do Diário da Região. Essa liminar contraria decisão semelhante, do presidente do STF, Gilmar Mendes, que em julho liberou a divulgação na internet dos salários dos funcionários municipais de São Paulo. A veiculação tinha sido proibida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Mendes concluiu que impedir a publicidade desses salários provocava efeitos negativos para o exercício do controle oficial e social dos gastos públicos.

O editor-chefe interino do Diário da Região, Fabrício Carareto, disse que o jornal tentará derrubar a censura na Justiça. O juiz alegou que a publicação das informações colocava em choque dois princípios constitucionais: o da publicidade e o da inviolabilidade da vida privada. Para o magistrado, o segundo deve prevalecer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.