Dicas para proteger suas contas de ataques

Use a verificação

O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2012 | 03h10

em duas etapas

Houve uma época em que uma senha era suficiente. Mas hoje nós temos tantas contas online, com informações muito valiosas, que precisamos de algo além.

Felizmente, esse algo além existe. Infelizmente, poucas pessoas o utilizam. É a chamada "verificação em duas etapas" - um sistema de segurança que exige duas credenciais para acessar uma conta. A primeira é sua senha. A segunda é algo que você carrega: sua impressão digital, um gerador de senha eletrônica, ou - o mais fácil de todos - um celular que pode gerar um código exclusivo.

No ano passado, o Google adotou o método em suas contas. Depois de ligar seu smartphone, instale o aplicativo Authenticator. Agora, para se logar, você digita sua senha e o código gerado pelo aplicativo no telefone (funciona mesmo desconectado). Se você não possui smartphone, o código pode ser enviado por mensagem de texto. O Facebook também tem a verificação em duas etapas.

O problema é que o método é um pouco incômodo. Você pode configurar o Google para que o código seja pedido a cada duas semanas nos aparelhos registrados, mas para algumas pessoas preguiçosas isso é muito problemático.

Acho que é por isso que a Apple não adicionou a verificação em duas etapas aos seus serviços. Mas espero que ela esteja trabalhando para encontrar uma maneira de tornar este nível de proteção fácil para as massas.

Se um sistema como este estivesse instalado, o ataque contra os aparelhos Apple de Honan não teria ocorrido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.