Diferença de mercado entre Vivo e TIM volta a cair em janeiro

A diferença de participação de mercado que separa as duas maiores operadoras de telefonia celular do país, Vivo e TIM, caiu mais uma vez em janeiro, em uma continuação de tendência que vem sendo verificada nos últimos meses, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A Vivo, líder do setor, fechou janeiro com participação de 28,85%, contra 29,08% em dezembro. Enquanto isso, a TIM encerrou o mês passado com fatia de 25,51% do mercado nacional, avanço em relação aos 25,45% de dezembro. No mesmo período, a base de linhas celulares ativas no Brasil avançou 0,8%, saindo de 99,92 milhões em dezembro, para 100,71 milhões em janeiro. A Claro, terceira do ranking, registrou o mesmo avanço obtido pela TIM em janeiro, passando de 23,90% para 23,96%. A Oi, do grupo Telemar, ficou com a mesma participação em janeiro em relação a dezembro, 13,09%. Telemig Celular/Amazônia Celular registraram presença de 4,67% no mês passado ante 4,65% em dezembro. A BrasilTelecom GSM avançou de 3,38% no final de 2006 para 3,46% em janeiro.

Agencia Estado,

18 Fevereiro 2007 | 14h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.