Dilma amplia vantagem no Ibope e seria eleita no 1o turno

A quase duas semanas do primeiro turno da eleição, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, ampliou a vantagem sobre seu principal adversário, José Serra (PSDB), e está 27 pontos à frente na corrida presidencial, segundo o Ibope.

REUTERS

17 de setembro de 2010 | 20h14

Dilma seria eleita no primeiro turno, aponta o instituto.

De acordo com o levantamento, Dilma tem 51 por cento das intenções de voto, mesmo índice da pesquisa anterior. Serra passou para 25 por cento, ante 27 por cento. Marina Silva (PV) subiu de 8 por cento para 11 por cento.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais.

A pesquisa, divulgada nesta sexta-feira, foi encomendada pela Rede Globo e pelo jornal O Estado de S.Paulo. Foi realizada entre 14 e 16 de setembro e ouviu 3.010 pessoas.

(Reportagem de Carmen Munari)

Tudo o que sabemos sobre:
ELEICOESIBOPE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.