Dilma anuncia fim do tratamento de quimioterapia

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, anunciou nesta quinta-feira que encerrou o tratamento de quimioterapia contra o câncer linfático, após passar pela quarta sessão de quimioterapia no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

REUTERS

25 Junho 2009 | 17h17

A ministra, pré-candidata à sucessão presidencial em 2010 pelo PT, divulgou em 25 de abril deste ano que estava se submetendo a um tratamento de quimioterapia depois da retirada de um tumor num gânglio da axila esquerda, diagnosticado como linfoma.

(Reportagem de Fabio Murakawa)

Mais conteúdo sobre:
POLITICADILMAACABOU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.