Dilma anuncia R$ 1 bilhão para metrô de Porto Alegre

A presidente Dilma Rousseff confirmou hoje que o governo federal investirá R$ 1 bilhão, a fundo perdido, na construção do metrô de Porto Alegre, no Palácio Piratini, sede do governo do Rio Grande do Sul. A União também vai disponibilizar financiamentos de R$ 750 milhões, com juros subsidiados, para a prefeitura da capital gaúcha e o governo do Estado entrarem com suas contrapartidas no projeto. O custo total previsto é de R$ 2,45 bilhões.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

14 Outubro 2011 | 17h33

Os outros R$ 750 milhões serão buscados pelo município e Estado e empreendedor. Parte deles pode sair de isenções fiscais para a obra, que pode começar em 2013 e ficar pronta em 2017. A presidente também anunciou que o governo federal vai financiar oito corredores de ônibus para trajetos intermunicipais na região metropolitana de Porto Alegre. O custo estimado do projeto é de R$ 300 milhões. Dilma encerrou sua agenda pública por volta das 16h30 de hoje e vai permanecer em Porto Alegre até amanhã, em atividades particulares, sobretudo encontros com familiares.

Mais conteúdo sobre:
DilmaRSmetrô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.