Dilma critica kit anti-homofobia preparado pelo MEC

A presidente Dilma Rousseff criticou e condenou hoje o kit anti-homofobia que estava sendo preparado pelo Ministério da Educação (MEC) para distribuição nas escolas. "Não aceito propaganda de opções sexuais. Não podemos intervir na vida privada das pessoas", disse, em cerimônia no Palácio do Planalto. Ela confirmou ter assistido a um dos vídeos e disse que não gostou do seu conteúdo. A presidente afirmou que o governo defende a educação e a luta contra práticas homofóbicas.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

26 de maio de 2011 | 13h16

O ministério suspendeu a distribuição do kit após a bancada evangélica ameaçar endossar o pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, sobre quem pairam dúvidas sobre a evolução patrimonial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.