Dilma diz que governo se esforça para pôr inflação no centro da meta

A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que seu governo tem feito um "grande esforço" para que a inflação convirja para o centro da meta estabelecida pelo governo, que é de 4,5 por cento ao ano.

Reuters

20 de janeiro de 2014 | 09h44

Em entrevista a rádios de Minas Gerais, Dilma disse ainda que o fim dos estímulos econômicos dados pelo Federal Reserve, à economia norte-americana deve ser menos dramático do que se imaginou inicialmente.

Ela também pediu a participação de Estados e municípios no esforço fiscal.

(Por Eduardo Simões)

Mais conteúdo sobre:
POLITICADILMACENTRODAMETA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.