Dilma e Serra surgem empatados em pesquisa no Rio Grande do Sul

A ministra Dilma Rousseff (PT) e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), aparecem em situação de empate técnico na disputa pela sucessão presidencial em pesquisa realizada pelo Instituto Vox Populi entre eleitores gaúchos.

REUTERS

12 Agosto 2009 | 20h02

Enquanto Dilma tem 26 por cento da preferência dos eleitores, Serra atingiu 25 por cento das intenções de voto na sondagem divulgada nesta quarta-feira.

O deputado Ciro Gomes (PSB) aparece com 16 por cento e a ex-senadora Heloisa Helena (PSOL) tem 10 por cento.

O instituto ouviu mil eleitores em todo o Estado, entre 1 e 6 de agosto. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais.

Para o governo do Estado do Rio Grande do Sul, o ministro da Justiça, Tarso Genro (PT), lidera a preferência eleitoral com 42 por cento, enquanto o prefeito de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB), tem 30 por cento das intenções de voto.

A pesquisa foi encomendada pela Revista Voto, publicação regional especializada em política e negócios.

A revista mensal já fazia o acompanhamento da tendência de voto em eleições municipais com boa margem de acerto, mas é a primeira vez que patrocina um levantamento sobre o comportamento dos eleitores para as eleições presidenciais e para governador.

(Reportagem de Sinara Sandri)

Mais conteúdo sobre:
POLITICAPESQUISARS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.