Dilma entrega certificados do Pronatec no Tocantins

A presidente Dilma Rousseff embarca nesta quarta-feira, ainda pela manhã, para Palmas (TO), onde participará da cerimônia de entrega de certificados aos alunos formandos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A cerimônia será realizada na Escola Municipal Caroline Campelo.

RAFAEL MORAES MOURA, ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

19 Dezembro 2012 | 10h05

Segundo o Ministério da Educação (MEC), aproximadamente 2,5 milhões de pessoas já foram matriculadas no Pronatec em cursos técnicos (com duração mínima de um ano) ou de formação inicial e continuada (duração mínima de dois meses).

Dos 2,5 milhões de matrículas, 1,73 milhão é para os cursos de formação inicial e continuada e 789 mil para cursos técnicos. A meta do governo é oferecer cursos dessas modalidades a 8 milhões de brasileiros até 2014.

São esperados cerca de 4 mil alunos do Estado do Tocantins para a cerimônia, entre eles Adriane Rocha, de 17 anos, que está matriculada em um curso de fruticultura. "As aulas são muito boas, os professores são ótimos e me ajudam no trabalho de agricultura da minha família, que é produtora de abacaxi", disse Adriane, que aprende em aulas teóricas e práticas formas de preparação do solo, de escolha das sementes e técnicas de manuseio.

No início do mês, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou a ampliação do Pronatec, que deverá agora beneficiar não só os estudantes que conciliam ensino médio e ensino técnico, mas também os que já concluíram o ensino médio e pretendem fazer depois um curso profissional técnico. O MEC também planeja estender a parceria para 42 mil presos cumpridores de penas em regimes aberto e semiaberto, além de egressos do sistema penitenciário.

De Palmas (TO), a presidente retornará a Brasília para despachar com o ministro da Fazenda e participar da cerimônia de entrega do Prêmio Finep de Inovação 2012. O Finep Inovação é um instrumento de estímulo e reconhecimento à inovação no País e já premiou mais de 500 empresas, instituições e pessoas físicas, desde 1998.

Mais conteúdo sobre:
DilmaPalmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.