Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Dilma: Fies terá condições de financiamento 'mais leves'

A presidente Dilma Rousseff disse hoje que o novo Programa de Financiamento Estudantil (Fies) terá condições gerais de financiamento "muito mais leves", como juros de 3,4% e maior período de carência para o início da amortização. Dilma afirmou que o estudante terá de começar a pagar o financiamento da faculdade apenas um ano e seis meses após ter concluído o curso superior. A declaração foi feita no programa semanal de rádio "Café com a Presidenta".

AE, Agência Estado

14 de fevereiro de 2011 | 10h24

De acordo com Dilma, durante esse tempo, o beneficiado poderá arranjar um trabalho e ter renda. Segundo a Agência Brasil, a depender do curso, como Medicina, a restituição poderá ser realizada em até 20 anos. Ela afirmou também que, se o aluno que obteve financiamento pelo Fies resolver cursar licenciatura e exercer o magistério no ensino médio, em colégios públicos, o débito será "perdoado" com uma diminuição de 1% por mês de prática profissional.

Dilma lembrou ainda que o programa abrangerá estudantes com rendimento de até um salário mínimo e meio. Antes, os alunos tinham de arranjar um avalista para conseguir o empréstimo estudantil. "Agora, o próprio governo é fiador", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.