Dilma: governo planeja estatal para trem-bala Rio-SP

A ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse hoje, ao divulgar o sétimo balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que o governo estuda criar uma empresa estatal para administrar a implementação do trem-bala que fará o percurso Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. A empresa se chamaria Empresa de Pesquisas Ferroviárias (EPF).

GERUSA MARQUES, Agencia Estado

03 Junho 2009 | 11h46

A companhia funcionaria, segundo a ministra, como agente público gestor e coordenador do processo de transferência de tecnologia ferroviária. Dilma confirmou que o leilão do trem de alta velocidade está previsto para o segundo semestre deste ano. As propostas de traçado e localização das estações ferroviárias, segundo o documento do PAC, foram concluídas no fim de maio, assim como a modelagem ambiental.

Mais conteúdo sobre:
PACbalançoDilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.