Dilma: país ainda não sentiu efeito completo das medidas de estímulo

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira que o Brasil ainda não sentiu o efeito completo das medidas anunciadas pelo governo para estimular a economia e que, para os objetivos do governo, o crescimento da indústria terá de ser muito mais forte.

Reuters

05 Dezembro 2012 | 12h05

A presidente ainda afirmou que a desvalorização do real e a queda dos juros propiciam um mix mais favorável ao desenvolvimento. Dilma falou na abertura do 7º Encontro Nacional da Indústria.

(Reportagem de Hugo Bachega)

Mais conteúdo sobre:
DILMA CRESCIMENTO MEDIDAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.