Dilma passa por exames de rotina no Sírio e tira cateter

A ministra-chefe da Casa Civil e pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, passou por exames de rotina no hospital Sírio-Libanês neste sábado, em São Paulo, segundo a assessoria de imprensa do hospital.

REUTERS

27 de março de 2010 | 15h50

"Durante esta visita, a equipe médica aproveitou para retirar o cateter usado durante o tratamento ao qual a ministra se submeteu, entre abril e setembro do ano passado", informa o hospital em nota.

Dilma teve um câncer detectado no passado. Segundo seus médicos, após o tratamento ela foi completamente curada da doença.

(Por Alexandre Caverni)

Mais conteúdo sobre:
POLITICADILMASIRIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.