Dilma se reunirá com partidos aliados para discutir estratégias da campanha

A presidente Dilma Rousseff fará a primeira reunião com os partidos da sua aliança para discutir as estratégias para a campanha de reeleição na terça-feira, disse à Reuters uma fonte do comitê eleitoral da petista nesta segunda-feira.

REUTERS

21 de julho de 2014 | 19h55

A reunião está prevista para o fim da tarde no Palácio da Alvorada e será o primeiro encontro com o conselho político para definir, entre outros temas, qual será a participação de Dilma nas campanhas nos Estados onde os aliados são adversários.

A aliança da petista conta com nove partidos e em muitos casos eles enfrentam inclusive candidatos do PT nos Estados. A conversa atende a um anseio do PMDB, por exemplo.

Os peemedebistas encabeçam disputas estaduais em nove Estados contra candidatos do PT e gostariam de definir critérios para a participação de Dilma nesses palanques. O mais provável, segundo a fonte ouvida pela Reuters, é que não seja definido um critério único de participação da presidente.

Na avaliação do PMDB, quanto antes Dilma fechar esses acordos, mais fácil ficará a manutenção de apoios dos candidatos dos partidos aliados aos governos estaduais num eventual segundo turno.

(Reportagem de Jeferson Ribeiro)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICADILMACONSELHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.