Dinamarca prende 8 muçulmanos acusados de planejar atentado

A policia da Dinamarca prendeu oitojovens muçulmanos em operações realizadas na madrugada destaterça-feira, sob a acusação de planejar um atentado a bomba emanter ligações com a rede Al Qaeda. Jakob Scharf, diretor do Serviço de Inteligência da políciadinamarquesa, não informou qual seria o alvo nem o país em quepretenderiam entrar em ação. Ele disse que é o primeiro caso de conexão direta com a AlQaeda descoberto na Dinamarca e que os serviços de inteligênciado país europeu haviam cooperado com serviços de segurançaestrangeiros durante uma investigação iniciada meses atrás. "Há militantes muçulmanos que mantêm ligação com membros doalto escalão da Al Qaeda", afirmou Scharf, em uma entrevistacoletiva. "Acreditamos que essa seja uma situação grave." Especialistas em terrorismo afirmaram que a Dinamarcapoderia ser atacada por extremistas devido ao envolvimentomilitar no Iraque e no Afeganistão, além da crise do anopassado quando cartuns com a imagem de Maomé aparecerampublicados em um jornal dinamarquês. (Reportagem adicional de Martin Burlund e Gelu Sulugiuc inCopenhagen and Sarah Edmonds in Stockholm)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.