Diplomata saudita é morto em Bangladesh

Um homem não identificado atirou e matou uma autoridade da Embaixada da Arábia Saudita em Bangladesh na manhã desta terça-feira, informou a polícia, o primeiro assassinato de um diplomata no país.

REUTERS

06 Março 2012 | 07h38

O corpo de Khalaf Al Ali, um segundo secretário, foi encontrado perto da embaixada no bairro diplomático de Daca, a capital de Bangladesh.

"Estamos investigando o incidente e tentando conseguir detalhes, incluindo o motivo do assassinato e a identidade do assassino", afirmou o policial Kamrul Hasan.

Arábia Saudita e Bangladesh têm relações estreitas, com muitos cidadãos bengaleses trabalhando no reino rico em petróleo. Nos últimos anos, a embaixada dificultou as regras de emissão de visto para interromper o fluxo de pessoas com documentos falsos.

Em outubro do ano passado, autoridades sauditas executaram oito bengaleses em público pelo suposto envolvimento deles num assalto a mão armada no qual um guarda egípcio foi morto.

Daca criticou as decapitações, assim como a Organização das Nações Unidas (ONU).

(Reportagem de Anis Ahmed e Ruma Paul)

Mais conteúdo sobre:
BANGLADESH SAUDITA MORTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.