Direção do câmpus garante entrada de calouros em 2013

O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2012 | 02h07

O câmpus de Guarulhos da Unifesp deve receber novos alunos no primeiro semestre do próximo ano. A decisão foi tomada pela congregação da escola e vai contra o que afirmara em setembro o reitor Walter Albertoni.

A Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) conta com 3 mil alunos e oferece cerca de 700 vagas anuais de graduação. O motivo para o adiamento de ingressos era a greve dos alunos, que durou cinco meses, e as dificuldades para garantir adequações físicas a todos os estudantes no próximo semestre e também durante as obras do novo prédio. A greve acabou em agosto, mas até agora ainda não foi alugado imóvel pela Unifesp para abrigar as aulas. / P.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.