Direto dos EUA: Resistências armadas

Pela primeira vez, Barack Obama coloca prazo na discussão sobre porte de armas de fogo no país.

BBC Brasil, BBC

20 Dezembro 2012 | 12h39

Pela primeira vez, o presidente Barack Obama colocou um prazo na discussão sobre o porte de armas de fogo nos Estados Unidos. O presidente designou seu vice, Joe Biden, para liderar uma comissão que vai propor até o fim de janeiro medidas restritivas para serem votadas no Congresso o mais rápido possível.

Desde o massacre na escola primária de Sandy Hook, em Newtown, Connecticut, as pesquisas de opinião mostram que os americanos agora apoiam este debate. As medidas por enquanto se centram na proibição da venda de armas de combate e um reforço à checagem de antecedentes criminais dos compradores.

Entretanto, comenta o correspondente da BBC Brasil em Washington, Pablo Uchoa, para se chegar a uma política ampla para o tema, como quer Obama, é preciso também entendimento entre o governo e a oposição no Congresso. E os sinais são pouco animadores. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.