Diretor aguarda resposta oficial sobre convênio

Até ontem, o diretor executivo do Itesp, Gustavo Ungaro, não tinha sido informado oficialmente sobre as medidas anunciadas pelo Incra. "Encaminhamos proposta de renovação do convênio e aguardamos uma resposta oficial", disse. "O convênio terminou, mas o processo de arrecadação de terras não se encerrou."

, O Estadao de S.Paulo

26 de novembro de 2009 | 00h00

Segundo Ungaro, o órgão tem mais de 50 ações judiciais em andamento com objetivo de reverter para o patrimônio do Estado cerca de 200 mil hectares de terras no Pontal do Paranapanema.

Parcerias realizadas sem a participação do Itesp, diz Ungaro, não estão dando bons resultados. "São decisões que geraram insatisfação entre os servidores públicos, tanto do Itesp quanto do próprio Incra."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.