Diretor dinamarquês Lars Von Trier é expulso de Cannes

O diretor dinamarquês Lars Von Trier foi expulso do Festival de Cannes nesta quinta-feira depois de comentários feitos durante uma coletiva de imprensa, aparentemente de brincadeira, em que declarava ser um nazista e um simpatizante de Hitler.

REUTERS

19 de maio de 2011 | 09h56

"O conselho dirigente do festival... lamenta profundamente que o evento tenha sido usado por Lars Von Trier para expressar comentários que são inaceitáveis, intoleráveis, e contrários aos ideais de humanidade e generosidade que presidem sobre a existência do festival", disse o festival em comunicado.

"O conselho dirigente condena esses comentários e declara Lars Von Trier como uma pessoa não bem-vinda no Festival de Cannes, com efeito imediato."

(Reportagem de Mike Collett-White)

Tudo o que sabemos sobre:
INTERNETFILMECANNESVONTRIER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.