Divórcio rende debate acalorado

Os cardeais reunidos no Vaticano tiveram ontem um debate acalorado sobre o divórcio e a maneira como a Igreja lida com o assunto, cada vez mais presente até em países com maioria católica.

O Estado de S.Paulo

08 de março de 2013 | 02h05

Conforme revelou ao Estado o assessor de um cardeal não brasileiro, na agenda estavam temas de moral e ética, mas logo o debate sobre o divórcio dominou o encontro. Parte dos cardeais indicou que a Igreja precisaria adotar uma nova estratégia para lidar com o número crescente de católicos que não querem deixar a Igreja, mas acabam afastados por causa de seus divórcios.

Cardeais mais progressistas defenderam que a Igreja não poderá ignorar o assunto, enquanto os mais conservadores afirmaram que não há o que negociar.

Nesta semana, um estudo publicado no Journal for the Scientific Study of Religion, dos EUA, revelou que filhos de pais católicos que se divorciam têm duas vezes mais chances de abandonar a Igreja depois da crise em suas famílias. /J.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.