Docente chamou aluna de songamonga

PARA LEMBRAR

, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2010 | 00h00

A família de uma estudante de 15 anos denunciou nesta semana um professor da rede estadual de Sorocaba pela prática de violência verbal e intimidação contra a aluna. No início do ano, o professor teria ofendido a menina, se referindo a ela como "songamonga" e "morta". Como a aluna teria reclamado do tratamento, passou a ser perseguida pelo professor. Ao fim do primeiro bimestre, a aluna teve falta nas 51 aulas da disciplina do professor e ficou com nota zero.

Segundo os pais, em decorrência do episódio, a garota passa por tratamento psicológico. Eles pediram a transferência de escola, mas registraram boletim de ocorrência e entraram com processo contra o professor e o Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.