Documento pede foco na transição para baixo carbono

Mudança é defendida pelos signatários como a base do desenvolvimento sustentável

Giovana Girardi - O Estado de S.Paulo

19 Abril 2012 | 03h02

Um dos tópicos defendidos do documento Rio Mais ou Menos 20? é que o resultado da conferência deveria trazer um apoio mais explícito à transição para uma economia de baixo carbono.

Para os signatários, nessa mudança, que tem um ganho ambiental importante na transformação do modelo tradicional econômico, está a base do desenvolvimento sustentável.

"É na economia de baixo carbono que está a resposta tanto para as mudanças climáticas quanto para o desenvolvimento sustentável", afirma o físico José Goldemberg, da USP. "Mas não temos tido uma ação com instrumentos econômicos e prioridades para essa transição", complementa a ex-ministra Marina Silva.

José Carlos de Carvalho, ministro do Meio Ambiente no final do governo Fernando Henrique Cardoso, afirma que a forma como estão sendo conduzidas as negociações e mesmo o surgimento de novas expressões como "economia verde" ou "crescimento verde" podem acabar despistando o foco na transição para o baixo carbono. "Surgem novos conceitos quando o de desenvolvimento sustentável nem sequer foi consolidado. Tenho receio de que eles mantenham os velhos problemas sem solução."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.