Doença costuma atingir crianças

Na diabete do tipo 1, também conhecida como diabete infanto-juvenil, uma vez que a doença costuma se manifestar na infância ou na adolescência, a produção de insulina pelo pâncreas é insuficiente, pois suas células são destruídas pelo próprio corpo.

O Estado de S.Paulo

08 de novembro de 2012 | 02h07

Por isso, os pacientes necessitam de injeções diárias de insulina para manter o nível de glicose no sangue em valores considerados normais. Há risco de vida se as injeções não forem tomadas diariamente, em doses adequadas.

De acordo com os médicos, algumas condições podem estar relacionadas à doença: ter familiares próximos portadores de diabete ou apresentar excesso de peso, pressão alta e colesterol elevado. O mesmo vale para mulheres cujos filhos nasceram com mais de 4 quilos.

Os sintomas mais comuns da doença são: urinar excessivamente, ter muita sede e apetite aumentado, perder peso e sentir-se cansado, com a vista embaçada. Infecções recorrentes, principalmente de pele, também são comuns.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.