Dois agentes são feridos em fuga em educandário do Rio

Tumulto foi iniciado na hora do almoço e controlado com a chegada de agentes de outras unidades e da PM

Pedro Dantas, de O Estado de S. Paulo,

10 Novembro 2008 | 18h24

Uma tentativa de fuga deixou nesta segunda-feira, 10, dois agentes feridos sem gravidade no Educandário Santo Expedido, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro. O tumulto foi iniciado na hora do almoço e controlado com a chegada de agentes de outras unidades e da Polícia Militar (PM), de acordo com a Departamento Geral de Ações Sócio-Educativas (Degase). "A situação está caótica. Pode acontecer uma tragédia a qualquer momento", afirmou o presidente Sind-Degase, Marco Aurélio Rodrigues, que representa o servidores. O sindicalista afirmou que na quarta-feira, 5, uma outra tentativa de fuga de 30 infratores em um alojamento do Santo Expedido deixou três servidores feridos a socos e pontapés. Segundo ele, o diretor da unidade foi feito refém. Os agentes feridos registraram queixa na 34ª Delegacia de Polícia de Bangu. Na sexta-feira, 7, após depoimento na 2ª Vara da Infância e da Juventude, no centro da capital fluminense, uma tentativa de fuga de oito adolescentes do mesmo alojamento deixou outro agente ferido. Um adolescente conseguiu fugir. O Degase confirmou as ocorrências, mas afirmou que a situação está controlada.

Mais conteúdo sobre:
violência Rio de Janeiro educandário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.