Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Dois mil manifestantes saem às ruas do Rio hoje

A diversidade de reivindicações feitas pelos participantes do protesto que ocorre nesta tarde no Centro do Rio de Janeiro é tão grande que as lideranças não conseguem combinar os gritos de guerra. O único momento em que todos se expressaram de forma uníssona foi durante o hino nacional, que já foi entoado cinco vezes em 20 minutos. Quando o hino acaba, porém, se faz um silêncio até que os líderes consigam combinar as próximas palavras de ordem.

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

24 de junho de 2013 | 18h29

Apesar do número de manifestantes bem menor do que nos dias anteriores, o comércio e serviços públicos encerraram as atividades mais cedo por medo de confusão. Cerca de 2 mil pessoas participam do ato, que teve a concentração na Candelária e deve seguir até a Cinelândia. A Avenida Rio Branco está interditada e muita gente que sai do trabalho à procura de transporte reclama por ter de recorrer ao metrô. O prédio da Assembleia Legislativa está cercado por cerca de 60 PMs e outros 35 fazem um cordão de isolamento na estação das Barcas, o que não ocorreu nos dias anteriores.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.