Dois policiais são baleados em assalto a pedágio em SP

Dois policiais militares foram baleados por assaltantes que agiam numa praça de pedágio nesta madrugada, no km 109 da rodovia do Açúcar (SP-308), em Salto, no interior de São Paulo. O bando, armado e encapuzado, invadiu o escritório da concessionária Rodovias do Tietê, rendeu funcionários e começava a recolher o dinheiro dos caixas quando um automóvel Fiat Palio se aproximou das cabines. Nele estavam os policiais à paisana.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

22 de junho de 2010 | 14h54

Os bandidos abordaram o veículo e abriram fogo. O soldado Adilson Rodrigo Maffei foi atingido por disparos, no ombro, no braço e nas costas. Ele foi levado para o Hospital Montserrat, de Salto, e era considerado fora de perigo nesta tarde. O soldado Osmar Bernardo foi atingido no pescoço e a bala se alojou numa vértebra, na parte superior da coluna. Ele permanecia internado, em estado grave, na unidade de emergência do Hospital Regional de Sorocaba. Os policiais viajavam de São José do Rio Preto para Salto, onde eram lotados no 50º Batalhão.

De acordo com a Polícia Militar, os policiais não reagiram à abordagem dos ladrões. A hipótese para os disparos é a de que um dos policiais tenha sido reconhecido por integrantes do bando. Os bandidos - cinco homens, segundo a Polícia Rodoviária Estadual - fugiram por um canavial. A polícia mantinha a região sob cerco, mas até o início da tarde ninguém tinha sido preso. A concessionária não revelou o valor roubado do pedágio.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltopedágiotiroteiopoliciaisSalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.