Dois são detidos por vandalismo na região do Brás

Duas pessoas foram detidas e encaminhadas para o 12º Distrito Policial para averiguação, no Brás, por vandalismo durante passeata dos vendedores ambulantes pelas ruas da região, hoje pela manhã. Segundo o major da Polícia Militar, Wagner Rodrigues, os dois manifestantes tentaram forçar o fechamento das portas de algumas lojas da região.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

26 Outubro 2011 | 10h54

Os camelôs permaneciam andando pelas ruas Monsenhor de Andrade, João Teodoro e Xavantes, mas a passeata voltou a ser pacífica após pequenos confrontos com os policiais. Ninguém ficou ferido, de acordo com o coronel.

As lojas da região, que ficaram por um tempo de portas fechadas, voltaram a funcionar normalmente, assim como a Feirinha da Madrugada. Mas apenas uma das várias entradas da Feira permanece aberta, na rua Monsenhor de Andrade, onde uma fila de policiais continua em frente à porta, para garantir a ordem. Os consumidores continuam a ser revistados pelos policiais, para evitar a entrada de produtos inflamáveis ou armas.

Mais conteúdo sobre:
Brás ambulantes prisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.