Dois são presos por falsificar alvarás judiciais no RS

Dois integrantes de uma quadrilha especializada em falsificar alvarás judiciais em Porto Alegre foram presos hoje, acusados de estelionato e falsidade ideológica. Segundo a Polícia Civil, os criminosos falsificaram a assinatura de uma juíza, e, com um alvará falso, transferiram cerca de R$ 137 mil do Banrisul.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

18 de fevereiro de 2011 | 14h56

Mais dois indivíduos suspeitos de integrar a quadrilha estão sendo investigados. Os detidos foram encaminhados ao sistema prisional. A ação da Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Contra a Fazenda Estadual (Defaz) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) teve apoio do Poder Judiciário, do Ministério Público e a colaboração do banco Bradesco e Banrisul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.