Dois suspeitos de integrar milícia são presos no Rio

Uma dupla suspeita de exigir de comerciantes de gás R$ 185 a cada dez dias para que o produto fosse vendido em Sepetiba foi presa hoje no Rio de Janeiro por policiais da 36.ª Delegacia de Polícia, em Santa Cruz.

CAROLINA SPILLARI, Agência Estado

17 Junho 2011 | 18h55

Marcos Antonio de Carvalho Lima, de 41 anos, e o ex-policial militar Mauro Ferreira e Silva, de 31, foram presos nas suas casas, nos bairros Areia Branca e Santa Cruz. Eles responderão por extorsão e formação de quadrilha.

Também foram expedidos mandados de busca e apreensão, mas nada foi encontrado. Na casa da ex-esposa de Mauro foi apreendida uma farda da Polícia Militar (PM).

Mais conteúdo sobre:
crime milícia prisão suspeitos Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.