Dólar tem queda de 1,36% ante o real, maior em 1 mês, sob expectativa de estímulos nos EUA

O dólar fechou com queda superior a 1 por cento ante o real nesta sexta-feira, a maior em mais de um mês, após dados sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos piores do que o esperado sugerirem que o estímulo econômico do país pode continuar sendo reduzido gradualmente.

Reuters

10 de janeiro de 2014 | 17h05

A moeda norte-americana recuou 1,36 por cento, para 2,3650 reais na venda. É a maior queda registrada pela divisa no fechamento desde 6 de dezembro, quando recuou 1,37 por cento, e foi suficiente para anular a alta de quase 1 por cento nos últimos quatro pregões e que a havia aproximado de 2,40 reais.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,2 bilhão de dólares.

(Por Bruno Federowski)

Mais conteúdo sobre:
DOLARFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.