Dono de restaurante é internado após acidente no Rio

O dono do restaurante Filé Carioca, Vinícius Rogério Carlos do Amaral, de 47 anos, foi internado em estado de choque no hospital Quinta D''Or. A assessoria do hospital informou que o proprietário do estabelecimento passou mal depois de saber da tragédia que deixou três pessoas mortas e três feridos em estado grave.

PEDRO DANTAS, Agência Estado

13 Outubro 2011 | 16h17

Na manhã de hoje, o restaurante, localizado no centro da cidade, explodiu. A causa mais provável da explosão é um vazamento de gás de um botijão. O Corpo de Bombeiros do Rio informou que o estabelecimento não tinha autorização para usar botijões de gás e, segundo a corporação, o edifício não tinha condições de segurança para abrigar esse tipo de material.

Das 17 pessoas que ficaram feridas na explosão, dez permaneciam internadas até o início da tarde de hoje. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nove feridos estão no Hospital Souza Aguiar. Dois deles estão em estado grave e permanecem no centro cirúrgico. Uma pessoa, que também está em estado grave, foi transferida para o Hospital Miguel Couto.

Mais conteúdo sobre:
explosãomortesgásrestaurante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.