Dono de restaurante vai à delegacia prestar depoimento

O dono do restaurante Filé Carioca, Carlos Rogério do Amaral, chegou por volta de 15h15 à 5ª Delegacia de Polícia, no centro do Rio de Janeiro, para prestar depoimento sobre a explosão do estabelecimento na última quinta-feira, que matou três pessoas e feriu 17 - sendo que quatro permanecem internadas em estado grave.

PEDRO DANTAS, Agência Estado

17 Outubro 2011 | 15h51

Na entrada, ele não quis dar declarações sobre como o restaurante funcionava em um prédio onde o uso de gás era proibido pelo Corpo de Bombeiros. O irmão dele, Jorge do Amaral, que era gerente do estabelecimento, permanece hospitalizado, mas não corre risco de morrer.

Mais conteúdo sobre:
explosãodepoimentorestaurante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.