Doris Lessing ganha Nobel de Literatura

Academia diz que escritora britânica 'expôs civilização dividida ao escrutínio'.

BBC Brasil, BBC

11 de outubro de 2007 | 09h50

A escritora britânica Doris Lessing, uma das mais importantes autoras de língua inglesa do século 20, é a vencedora do Prêmio Nobel de Literatura de 2007. A Academia sueca, que decide quem vai receber o prestigioso prêmio de US$ 1,5 milhão, fez o anúncio nesta quinta-feira, descrevendo Lessing como uma "autora de épicos sobre a experiência feminina, que, com ceticismo, fervor e poder visionário, expôs uma civilização dividida ao escrutínio".Doris Lessing tem 87 anos de idade e já lançou mais de 20 romances, incluindo ficção e não ficção. Entre os mais conhecidos estão O Carnê Dourado e A Erva Canta.Ela é a mais idosa ganhadora do Prêmio Nobel de Literatura. Filha de britânicos, Doris Lessing nasceu na Pérsia, atual Irã, e cresceu na Rodésia do Sul, antiga colônia britânica que conquistou a independência em 1980 e mudou de nome para Zimbábue.O Prêmio Nobel parece ter sido um assunto delicado para Lessing. Em 2002, a escritora encerrou uma entrevista à BBC Brasil após ser perguntada sobre como se sentia a respeito do prêmio. Lessing se levantou e disse que não responderia a pergunta: "Esse tema interessa a todo mundo, menos a mim. Esse ano (2002) ganhei um prêmio maravilhoso na Espanha. O Prêmio Asturias. Já ouviu falar?"O Prêmio Nobel, oferecido anualmente aos destaques em campos como ciência, economia, literatura e paz, leva o nome do inventor da dinamite, Alfred Nobel, e foi criado em 1901.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
nobelliteraturadorislessingescritora

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.