Droga para enxaqueca causaria lábio leporino

Um remédio para epilepsia que também é usado para prevenir enxaqueca pode aumentar o risco de lábio leporino em crianças cujas mães o consomem durante a gestação, afirmaram autoridades de saúde dos Estados Unidos, ontem. Segundo a agência de vigilância sanitária do país (FDA), novos dados indicam que o Topamax, da Johnson & Johnson (também vendido em versão genérica como topiramato) aumenta em 20 vezes o risco da doença, que deforma os lábios ou o palato.

Reuters, O Estado de S.Paulo

05 de março de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.