Duas pessoas morrem durante temporal em São Paulo

O forte temporal que atingiu a capital paulista na tarde e noite de sábado (09) deixou duas vítimas fatais, na Rua Vergueiro, próximo ao número 5.400, zona sul de São Paulo, confirmou a Defesa Civil municipal. Uma adolescente foi arrastada pela correnteza para baixo de um carro e um homem, que tentou ajudá-la, acabou sendo levado também. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por volta das 19h.

AE, Agência Estado

10 de março de 2013 | 13h30

No sábado à tarde, a Defesa Civil divulgou que toda a cidade de São Paulo estava em estado de atenção para enchentes. A prefeitura chegou a informar que haviam mais de 20 pontos de alagamento pela cidade. O bairro da Lapa foi um dos mais castigados. As inundações já haviam gerado problemas na capital na sexta-feira, quando 26 árvores caíram e as vias da cidade registravam quase 260 km de lentidão. Pontos da cidade, como bairro de Pinheiros, ficaram sem energia elétrica tanto na sexta-feira como no sábado, por conta das fortes chuvas.

A previsão do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) é de que a tarde e a noite deste domingo tenham novas pancadas de chuva. A Defesa Civil alerta para que as pessoas não enfrentem as enchentes e se protejam. "É recomendado que as pessoas evitem ruas que têm inclinação, onde a água corre com velocidade. A água no joelho é suficiente para arrastar uma pessoa, que pode ser levada para baixo de carros, ficar prensada e não conseguir respirar", orientou o coordenador municipal da Defesa Civil, coronel Jair Paca de Lima. Segundo ele, a orientação geral é que as pessoas evitem passar por locais alagados, porque, além da possibilidade de ser levado pela enxurrada, há risco de contaminação e de cair em buracos.

Tudo o que sabemos sobre:
temporalmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.