Duas rodovias permanecem bloqueadas em PE

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) mantêm, na tarde desta quinta-feira, 11, os bloqueios em duas rodovias federais que cortam Pernambuco: no km 168 da BR-423, no município de Águas Belas, no agreste, e no km 94 da BR-428, em Santa Maria da Boa Vista, no sertão. Os manifestantes queimaram pneus nos dois sentidos das estradas.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 15h36

Desde o início do dia, o movimento promoveu um total de 12 bloqueios em seis rodovias federais, no Estado. Dez deles foram liberados até o final da manhã. Na pauta, o apoio à mobilização nacional convocada pelas centrais sindicais e a cobrança por reforma agrária.

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) optou por realizar uma marcha no centro do município de Tracunhaém, na zona da mata norte, até a prefeitura. O prefeito Belarmino Vasquez (PR) não se encontrava na cidade e uma comissão foi recebida por secretários, que prometeram agendar uma reunião com o prefeito.

Também solidária ao movimento nacional, a CPT denuncia a situação das 160 famílias assentadas no Engenho Prado, que "estão abandonadas pelo poder público", segundo a direção.

Mais conteúdo sobre:
protestosPErodovias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.