Duas semanas após apagão, 40 mil ficam sem luz no Rio de Janeiro

Duas semanas após o blecaute que atingiu 18 Estados por cerca de cinco horas, um mini apagão atingiu a zona sul do Rio de Janeiro entre a tarde de segunda-feira e a manhã desta terça-feira.

REUTERS

24 de novembro de 2009 | 09h12

Estimativas iniciais apontam que pelo menos 40 mil consumidores dos bairros de Ipanema, Leblon e Lagoa ficaram sem energia desde as 16h de segunda-feira, com a energia sendo parcialmente retomada na manhã desta terça-feira.

A Light, distribuidora de energia da capital, informou inicialmente que o corte foi preventivo para a troca de um cabo subterrâneo, mais tarde, a companhia disse que a rede elétrica foi alvo de atos de vandalismo com o roubo de cabos e bóias.

O mini apagão prejudicou o comércio, os moradores e o trânsito nessas regiões.

Pela manhã desta terça-feira, a energia foi recebida com palmas e aplausos no bairro do Leblon.

"Agora é hora de botar a mão na massa e correr atrás do prejuízo", disse um funcionário de uma sorveteria.

Os cortes de energia se tornaram constantes na cidade desde o início da primavera, quando a temperatura no Rio de Janeiro subiu, com termômetros beirando os 40 graus Celsius.

Segundo a Light, o consumo está 10 por cento maior que no ano passado.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALMINIAPAGAORIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.