Duas vítimas de briga entre torcedores estão internadas

Dois torcedores que ficaram feridos durante tumulto entre integrantes de torcidas organizadas do Corinthians e do Palmeiras neste domingo, na Freguesia do Ó, zona norte de São Paulo, continuam internados.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

26 Março 2012 | 12h32

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, Gabriel Carlos, de 23 anos, levou um tiro na bacia e foi levado para o Hospital do Mandaqui, na zona norte, e seu estado de saúde estava estável nesta segunda-feira. Ele passou por procedimento vascular e está em período de recuperação pos-anestésico, segundo a secretaria.

Já Oswaldo Pereira da Silva, de 27 anos, que foi atingido na cabeça com uma barra de ferro, teve traumatismo craniano, fratura nas mãos e na coxa e foi transferido neste domingo para o Hospital Cruz Azul, na zona sul. Segundo o hospital, ele está consciente e passa bem.

A confusão envolveu cerca de 500 pessoas, na Avenida Inajar de Souza, pouco antes da partida entre os times, que ocorreu à tarde no Pacaembu. O torcedor palmeirense André Alves, o "Lezo", de 21 anos, morreu na noite deste domingo, horas depois de ter sido baleado na cabeça.

Mais conteúdo sobre:
violência futebol torcedores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.