Dupla acusada de matar líder comunitário é identificada

A polícia já identificou dois suspeitos do assassinato do líder comunitário da Rocinha, Vanderlan Barros de Oliveira, o "Feijão", de 41 anos, na última segunda-feira, 26, no Rio.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

30 Março 2012 | 13h32

Thiago Martins Cafieiro, o "FM", de 30 anos, e um homem conhecido como "Vasquinho" foram reconhecidos como os autores dos disparos contra "Feijão", de acordo com a polícia. Contra Thiago foi expedido um mandado de prisão temporária pelo crime de homicídio. "Vasquinho" foi identificado, na noite de quinta-feira, 29, e teve a prisão pedida a Justiça.

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Barcelos, uma das entidades comunitárias da Rocinha, foi executado com cinco tiros. O crime aconteceu por volta das 15h45 na favela, que fica em São Conrado, zona sul do Rio.

Mais conteúdo sobre:
morte líder comunitário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.