Dutra é totalmente liberada após 14 acidentes

A Rodovia Presidente Dutra foi totalmente liberada às 14h30 desta quarta-feira, após uma série de acidentes ocorridos pela manhã em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. Uma forte neblina cobria a região no período. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 14 acidentes foram registrados. No total, uma pessoa morreu e outras 32 ficaram feridas - sendo 26 com ferimentos leves e cinco em estado grave. As vítimas foram encaminhadas para hospitais das regiões de Pindamonhangaba e de Taubaté.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

16 de junho de 2010 | 15h23

No km 88, na pista sentido São Paulo, uma pessoa morreu após a colisão entre dois caminhões, um ônibus e três veículos de passeio. Na altura do km 91, no outro sentido, 13 veículos, entre eles uma carreta, três caminhões e três carros, incluindo uma viatura policial, colidiram.

A Dutra chegou a ficar totalmente interditada no momento dos acidentes. A concessionária NovaDutra, responsável pelo trecho, informou que a pista sentido Rio foi liberada às 11h20, enquanto as faixas no sentido São Paulo foram desbloqueadas às 14h30. Por volta das 14h30, a via tinha lentidão, no sentido capital paulista, entre os quilômetros 78 e 88 e, no sentido Rio, entre os quilômetros 91 e 94.

Tudo o que sabemos sobre:
acidentetrânsitoDutraliberada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.