'É comum a mãe estar mais tensa que a criança no início'

Depoimento de Sueli Conte, psicopedagoga e diretora geral do Colégio Renovação

O Estado de S. Paulo

30 de janeiro de 2012 | 03h05

"A adaptação escolar das crianças da educação infantil já é, há alguns anos, imprescindível - tanto para elas quanto para as mães. Não dá para deixar o filho chorando e ir embora. Por isso, os pais têm de ser avisados desse período de adaptação desde a matrícula. O fato de as mães ficarem junto no começo dá mais segurança, porque elas veem como trabalhamos. Já tivemos casos de mães que ficaram quatro dias aqui, o que é comum, e o de uma que ficou dois meses. Ela trazem dúvidas, principalmente, quanto à alimentação e à higiene dos filhos. Mas, desde o começo, já sabemos todos os detalhes de cada criança."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.