Edifício vizinho a prédio que caiu no Rio tem acesso parcial

A Defesa Civil autorizou ocupantes de quatro escritórios que funcionam no Edifício Capital, localizado na esquina das avenidas Almirante Barroso e 13 de Maio, no centro do Rio, a retirarem neste domingo, dia 5, documentos e pertences dos imóveis, segundo informações da Agência Brasil.

EQUIPE AE, Agência Estado

05 de fevereiro de 2012 | 18h08

De acordo com a Defesa Civil, o prédio só será liberado após a conclusão da demolição das partes restantes do edifício vizinho que desabou.

Dezessete corpos foram resgatados entre os escombros do desabamento dos três prédios e cinco pessoas continuam desaparecidas. Na noite de sexta-feira, dia 3, foi identificada, por meio de exame do DNA, a 16ª vítima, Bruno Charles Guitahy. Um corpo permanece sem identificação.

Tudo o que sabemos sobre:
desabamentoprédioRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.