Eduardo Paes pede paciência à população do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou hoje que a cidade vai receber um número recorde de visitantes neste fim de semana e pediu paciência à população, especialmente de Copacabana. Paes classificou a visita dos peregrinos como "uma invasão do bem" e estimou para amanhã 3 milhões de pessoas no bairro, o dobro do registrado nos últimos dias.

SABRINA VALLE, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 16h08

"A invasão do bem nos enche de orgulho e alegria. Mas vamos ter a partir de hoje, até amanhã, essa cidade tendo a maior aglomeração de pessoas da sua história", disse, em coletiva.

Segundo ele, haverá uma concentração maior de pessoas do que o esperado pois a população da cidade comparecerá em maior peso à vigília e à missa de amanhã. Os eventos seriam realizados inicialmente em Guaratiba.

"Pedimos às pessoas muita paciência", disse, acrescentando que não será fácil a saída do bairro.

Apesar de ter dado ontem nota zero à organização da cidade, Paes se mostrou esperançoso de que os problemas vão ser reduzidos até amanhã e o saldo final será positivo.

"Perdemos as primeiras batalhas, mas vamos ganhar a guerra".

Mais conteúdo sobre:
RioJMJEduardo Paes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.