Egito barra entrada de xiitas canadenses no país

O Egito barrou 61 peregrinos xiitas muçulmanos canadenses de entrarem no país e decidiu mantê-los no aeroporto do Cairo até seu próximo voo, disseram autoridades de segurança no domingo.

Reuters

05 de janeiro de 2014 | 15h10

Os canadenses desembarcaram no Egito, vindos do Iraque, para completar uma peregrinação aos locais xiitas na região, mas foram mantidos sob as ordens das autoridades de segurança, disseram autoridades de segurança do aeroporto, que não deram mais explicações. Os canadenses tem entrada geralmente permitida no Egito com um visto obtido na chegada ao país.

Um porta-voz do ministro das Relações Exteriores do Canadá, John Baird, disse que a Ottawa responderia mais tarde no domingo.

O governo do Egito, uma nação muçulmana esmagadoramente sunita, tem sido criticado por discriminar a pequena comunidade xiita do país.

Mais conteúdo sobre:
EGITOCANADAXIITAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.