Eike Batista amplia participação na sua petroleira OGX

Eike Batista, magnata que controla várias empresas nas áreas de recursos naturais e infra-estrutura no Brasil, realizou uma operação no mercado financeiro pela qual ampliou sua participação na empresa de petróleo OGX, da qual já é controlador.

REUTERS

10 Outubro 2011 | 19h29

De acordo com comunicado enviado ao regulador do mercado brasileiro, Eike, por meio da Centennial Asset Mining Fund, da qual é o único acionista, contratou notas estruturadas que poderão aumentar sua fatia na petroleira dos atuais 61 por cento para cerca de 62,5 por cento, informou uma fonte familiarizada com a operação.

"O Presidente do Conselho de Administração e Diretor Presidente, Sr. Eike Batista, por meio de sua controlada, Centennial Asset Mining Fund, LLC, promoveu a contratação de notas estruturadas vinculadas ao desempenho de 46.812.700 ações ordinárias de emissão da Companhia representando uma exposição financeira sobre 1,45% do capital social da OGX", informou a OGX em comunicado.

Eike Batista teria optado pelo aumento de capital por acreditar que as ações da empresa estão baratas frente ao potencial da empresa, que desenvolve grande campanha exploratória no país, acrescentou a fonte.

A OGX começará a produzir petróleo entre novembro e dezembro no Brasil e prevê uma média de produção de 33 a 40 mil barris diários em 2012.

A meta da empresa de Eike Batista é que a produção aumente para 165 mil barris diários em 2013; 730 mil barris em 2015; e 1,38 milhão em 2019.

(Reportagem de Sabrina Lorenzi)

Mais conteúdo sobre:
ENERGIA PETROLEO OGX EIKE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.