El Niño deve continuar até 2007, prevê agência americana

O aquecimento excepcional das águas no Oceano Pacífico, conhecido como fenômeno El Niño, deverá prosseguir ao longo do inverno do hemisfério Norte (verão no Sul), informa a Administração Nacional de Oceano e Atmosfera (NOAA) do governo dos Estados Unidos.O Centro Federal de Previsão do Clima dos EUA diz que o resultado deverá ser uma temperatura mais elevada no oeste e norte dos Estados Unidos, e oeste do Canadá.Outros efeitos do El Niño incluem secas na Malásia, Indonésia e ilhas do Pacífico Norte, norte da América do Sul e sudeste da África, além de tempo mais úmido que o normal na África Equatorial e na América do Sul - incluindo Brasil, Argentina e Uruguai. O El Niño se desenvolve quando as águas da região tropical do Pacífico se aquecem, o que altera os padrões dos ventos e a pressão do ar.

Agencia Estado,

09 de novembro de 2006 | 19h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.